quarta-feira, 18 de outubro de 2006



terá alguém passado por aqui?

ou terá sido apenas a água que se lembrou de esconder as suas marcas?

(foto: sandwaves, de Bill Irwin)

8 comentários:

claudynius disse...

Se alguém por ali passou, não fui eu :).
Tenho andado com falta de tempo (excesso de trabalho).
De qualquer das formas não quero perder o hábito de vir pelo menos dar uma olhadela ;)

Uma boa noite!

PS. Gostei deste "Post". Trouxe-me à lembrança as praias do Índico.

Pitacajo disse...

Apenas e só o mar.
Que recria no seu ondular permanente, desertos em miniatura.
Há muitos anos atrás, quando era pequenito, sonhava ser do tamanho daquelas marcas para poder brincar entre elas, esconder-me de nada atrás de uma, escorregar por outra abaixo. Chamei-lhe dunas, mas não são. Parecem.

pb disse...

quem passou por ali, foram os pézinhos frágeis das ondas do mar. Beijokas

Alien8 disse...

Se passou, nada se nota, e assim é que é preciso. Passagens discretas para mundos secretos, em vez das marcas na areia, que já estão muito vistas...
Isto são só coisas que me vieram à ideia, claro...
Boa noite!

Rosalina disse...

estás à vontade, claudynius. :)

Rosalina disse...

pois parecem, pitacajo.

a descrição desse pequeno episódio trouxe-me à memória a "Menina do Mar" de SMBA. acho que vou adormecer a relê-la. ;)

Rosalina disse...

gostei dessa imagem de fragilidade das ondas, pb. também o são, é verdade.

Rosalina disse...

"Passagens discretas para mundos secretos,..."

gostei!

decididamente, alien, hoje vou mesmo reler a "Menina do Mar".