sexta-feira, 17 de novembro de 2006

o fascínio do momento em que as linhas se cruzam...
momentos.
depois seguimos.

(foto: Rumo, de Pedro Peralta)

5 comentários:

ORASKA disse...

Sagrada é a Natureza.
Eugenia, sim. Aborto, não.

claudynius disse...

Tal como nos cromossomas, também os caminhos da vida são compostos por X e Y. Olhando o cruzamento das linhas na foto, pode dizer-se com propriedade que este caminho será sempre masculino... X+Y.

Uma boa noite

claudynius disse...

Correcção:
Onde se lê: "os caminhos da vida são compostos";
Deverá ler-se "os caminhos da vida parecem ser compostos" :D

Boa noite

Rosalina disse...

de preferência, eva braun, todos, de facto, devíamos ser bem nascidos. não creio, no entanto, que a natureza seja sagrada.

por fim, falta-me encontrar nas suas palavras a coerência, enquanto comentário ao meu post. desculpe. :)

Rosalina disse...

leitura interessante, claudynius...caminho sempre masculino...hummm...vou ficar a pensar. ;)

bom fim-de-semana.