segunda-feira, 13 de novembro de 2006

e persiste a vontade de mar...

(foto:Entre o Céu e o Mar,

de Olga Gouveia)


4 comentários:

Jotabê disse...

Esta praia faz-me lembrar a do Billene em África, que tinha um aspecto muito idêntico; uma zona muito extensa de água límpida e clara, correspondente à zona baixa, e outra escura, a perder de vista no horizonte, correspondente à zona funda, mesmo muito funda, segundo os mergulhadores.

Claro, eu e as minhas irmãs, brincávamos na zona baixa, e convivíamos com polvos de diversos tamanhos, peixes de várias cores, e por vezes tubarões, pequenos, mas faziam o pessoal sair da água em segundos. Um divertimento para mim com 9 anos, na altura. :)

PS:
Quanto à noite mágica, depende do artista, e dos seus planos para futuros espectáculos.

:)

XX

Rosalina disse...

jotabê, não tenho como tu uma imagem tão nítida do que eram as praias de áfrica. a minha memória de áfrica é, como costumo dizer, fotográfica...e daquelas fotografias pouco nítidas.

mas alguma coisa ficou, porque, quando olho para esta foto, é de áfrica que me lembro.

p.s.:pois.

mfc disse...

Sinto muito isso... não a vontade de mar, mas de tudo onde se alcance água...!

Rosalina disse...

é verdade, mfc. o elemento água é um tónico.

a propósito disso, devo confessar que naquelas tarefas domésticas que acabamos sempre por ter de fazer, as únicas que me dão algum gozo são aquelas que passam por estar em contacto com a água.