sábado, 2 de dezembro de 2006






É você você Que na vida vai comigo agora Nós dois na floresta e no salão
Nada mais Deita no meu peito e me devora Na vida só resta seguir


Um risco, um passo, um gesto rio afora

É você Só você Que invadiu o centro do espelho Nós dois na biblioteca e no saguão Ninguém mais Deita no meu leito e se demora
Na vida só resta seguir um risco, um passo, um gesto rio afora
Na vida só resta seguir
Um ritmo, um pacto e o resto rio afora

Na vida só resta seguir um risco, um passo, um gesto rio afora
Na vida só resta seguir
Um ritmo, um pacto e o resto rio afora
.
.
(letra: É Você, Tribalistas,
Composição: Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown //
fotos de Tante RinE)




5 comentários:

mfc disse...

A ilustração dá uma leitura nova ao poema.
Lindo!

Rosalina disse...

é a riqueza das palavras, mfc. (quase) sempre inspiradoras.

Alien8 disse...

Muito bom, o "arranjo"!

Rosalina disse...

gratias, alien.

Rosalina disse...

para os que comentaram na altura e agora por aqui passem, repararão, certamente, que o arranjo está diferente.

aquando da mudança para o novo blogger a anterior postagem perdeu-se pelo que tive de refazer.

penso que, de qualquer maneira, não se afasta muito da outra.

desculpem.