sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

sentou-se melancolicamente virada para dentro daquilo que eram os seus sentidos. os pensamentos guardara-os nos bolsos de outra roupagem qualquer. a noite tivera sempre esse efeito: exigir-lhe o silêncio das palavras e permitir-lhe a fruição das emoções. bastava-lhe fechar os olhos. abandonar-se no corpo que tinha e transformar, assim, aquele espaço num misterioso retorno aos momentos felizes. seria isso, talvez, sinónimo de sonhar.

14 comentários:

Jotabê disse...

Talvez! Misturado com muitas recordações.

:|

X_____________________________

Rosalina disse...

sim, jotabê, também.

____________________________X


*explica aí o ":|"...

Jotabê disse...

O ":|", é por muitas vezes me rever nessa definição de sonhar, muitas vezes me tento inpirar aqui no meu canto, melancolicamente virado para mim, e também, porque acontece, o fruir das emoções se manifestar 'pobre', só com sombras e crestas e fotos antigas de memórias, muitas vãs, como testemunhas dessa manifestação.

:|

X________________________________

Rosalina disse...

hummm..jotabê, estamos, então, em sintonia.


___________________X

Jotabê disse...

Hummmm..Rosalina, mas já há algum tempo.

:)

Rosalina disse...

ahahahahhahahha...pois é. tens razão.

*agora fizeste-me rir com vontade.


um beijo cheio de ternura.

Jotabê disse...

Não me beijes com demaisada ternura, pois estou com uma gripe danada.

:(

Rosalina disse...

ora essa...mais uma razão para teres direito a beijos ternurentos. ;)

Jotabê disse...

...então e o contágio?! Ah?

...depois não te queixes!!

Rosalina disse...

eu sou imúne. ehehehheheheh...

de qualquer maneira, nunca me queixaria.

Jotabê disse...

Bem, não te deves estar a referir ao vírus da gripe, pois a esses ninguém é imune. Diz-me lá então, que imunidade é essa a que te referes, relacionada a beijos ternurentos.

Rosalina disse...

mas era ao da gripe, aquele a que me referia.

já não me lembro de estar engripada e, como sabes, o local onde trabalho é um bom veículo de propagação.


*esclarecimento: não tenho qualquer tipo de imunidade a propósito de beijos ternurentos.

Alien8 disse...

Creio que sim, que é sonhar.
A noite tem esse efeito. Essa espécie de magia. Difícil de capturar em palavras, mas as tuas são exactas.

Rosalina disse...

:), alien.

confesso que na escrita o que mais gozo me dá é a descrição de momentos, sensações, estados de espírito...