sexta-feira, 28 de julho de 2006

voar, voar, voar... (...daí)

4 comentários:

claudynius disse...

Não sei porquê…
... ocorreu-me Florbela Espanca


Fecho as pálpebras roxas, quase pretas,
Que poisam sobre duas violetas,
Asas leves cansadas de voar...

E a minha boca tem uns beijos mudos...
E as minhas mãos, uns pálidos veludos,
Traçam gestos de sonho pelo ar...

bjs e um bom fim de semana

Rosalina disse...

é a vantagem das imagens. esse podia ser, de facto, o texto "acompanhante" desta foto.


mas as minhas asas, quando escolhi o voo, não estavam cansadas de voar. a vontade era mesmo a de "voar, voar, voar..."

claro que Florbela é sempre Florbela. esses dois tercetos ainda não os tinha lido.
obrigada.

bom fim-de-semana, também.

wind disse...

"navegar , navegar...":)))))

Rosalina disse...

também podia ser, wind.