segunda-feira, 24 de julho de 2006

puseram-me isto nas mãos.
disseram-me que era para matar.
- quem?!(...daí)

12 comentários:

pintoribeiro disse...

Pois. A eterna e maldita espiral. E já lá deves ter qualquer coisa para comentar...lolol....boa noite, bjinhoss.

Jotabê disse...

Um autêntico olhar de morte.

Pesadote Rosalina...


:(

Rosalina disse...

e já comentei, ghriba.

Rosalina disse...

tens razão, jotabê. e já estive para o retirar. mas naquele instante foi a imagem que me chamou a atenção.

e respeitei a "filosofia" do blog: 'carpe diem'.

foi um momento. um momento apenas.

olá.

XisActo disse...

Que contraste com a tranquilidade anterior.

Rosalina disse...

pois, caro xis, mas só quem não me conheça é que estranhará.

ahahahhahahahahahhhaha...

foi um momento, um momento, apenas.

wind disse...

Matar os maus...

Rosalina disse...

pois, wind.

ele pode é não ter tido tempo, ainda, para aprender a distinguir os maus dos bons. :)

XisActo disse...

Nos olhos desta criança não vejo maldade.
Experimentem abstrair da arma e fixar apenas os olhos.

Tem um olhar triste e talvez amedrontado. O olhar só parece mortal quando o associamos ao que tem entre mãos.

Rosalina disse...

...e desconfiado, Xis.

wind disse...

Já lhe disseram quem eram os maus. São os que estão do outro lado. Ele mal consegue pegar na arma.
Sabe que se não matar, é morto.
O olhar dele mostra isso, só isso...

blogaccount54 disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»