domingo, 25 de janeiro de 2009

Post aberto ao Mário Nogueira

Lembrando que nos últimos dois dias houve mais 26 escolas que suspenderam o modelo de avaliação (no total, segundo a Fenprof, serão centenas e dezenas de milhares de docentes que assumiram esta posição), o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, voltou ontem a pedir aos professores para que não entreguem os objectivos individuais. É uma "luta difícil", onde "cada um tem que assumir a luta, sem saber se o do lado o está a fazer ou não", reconheceu o sindicalista.
in Público


Pois. Não entregar os objectivos individuais...
Eu já entreguei os meus. Em Outubro. A 16 de Outubro. Na altura ,Mário Nogueira não apelava a que não fossem entregues. Na Escola onde lecciono, não houve qualquer mobilização dos docentes nesse sentido.
E os objectivos foram entregues. Por todos os professores.

Agora pedem que não se entreguem. No meu caso e no de todos os colegas da escola, chega tarde o apelo.

Entregar os objectivos individuais será a demonstração de que estamos a aceitar este modelo de avaliação.

Pois. Também é verdade. Mas é o modelo em vigor.

E a questão que coloco recuando no tempo é: porque não foi feito um apelo semelhante aquando do primeiro Concurso a Professor Titular?

Eu sugeri isso em reunião sindical. Era nessa altura que se devia ter bloqueado todo o processo. Era aí que os Sindicatos deviam ter pedido que os professores não concorressem a professores titulares. Porque não o são. Porque não o são por mérito. Porque não houve até agora na carreira de professores nada que permitisse essa distinção, eticamente falando, pelo menos.

Por isso este post aberto ao Mário Nogueira e a questão, se quiser aparecer e responder: Por que razão, afinal, não devem os professores entregar os objectivos mínimos ou requerer Excelente?!

Chegar a professor titular por tempo de serviço, que foi o que se passou..., é credível, querer ser avaliado e querer ter a menção de Excelente, não?!

Começo a ter dúvidas. Muitas.


4 comentários:

Alien8 disse...

Fico à espera da resposta...

Beijo e boa semana!

Anónimo disse...

contradições?


Alberto

Rosalina disse...

Não chegou, Alien. :p

O que se compreende. Afinal eu sou uma simples professora sem título desde 1989.

Rosalina disse...

De quem, Alberto?