domingo, 25 de janeiro de 2009






Gato que brincas na rua
Como se fosse na cama,
Invejo a sorte que é tua
Porque nem sorte se chama.

Bom servo das leis fatais
Que regem pedras e gentes,
Que tens instintos gerais
E sentes só o que sentes.


És feliz porque és assim,
Todo o nada que és é teu
Eu vejo-me e estou sem mim,
Conheço-me e não sou eu.

Fernando Pessoa


_______________

Quer dizer, estes não vivem na rua, mas que são felizes porque são assim, não tenho dúvidas.

Um bom domingo.
.
.
.


5 comentários:

Alien8 disse...

Olá! Aqui há gato!

E gatos são comigo :))

Rosalina disse...

Gato e gata, alien! :p:p

Alien8 disse...

Pois :P

Rosalina disse...

Já agora, qual deles é o gato? :p*


*Testando um expert! :p:p

Alien8 disse...

Olha, só agora vi a pergunta! Bom, a imagem não é totalmente elucidativa, mas parece-me que o gato é o da direita. Acertei?